Domingo, 1 de Janeiro de 2006

Céu da minha noite

fire.jpg

És o meu início perdido, depois de tantos fins, encontrei-te no brilho das estrelas, prendi-me a ti, entre um sorriso meu e a doçura do teu olhar, entre sonhos que tive, e cumplicidades encontradas no firmamento, entre a beleza da solitária Lua cheia, e a força poderosa do Sol nascente.
Envolvido numa explosão de cores e sentimentos encontrados ao acaso, ateaste em mim o fogo da quente paixão contida, quando no silêncio escondido de um mundo à parte, abrimos o livro da vida, e conjugámos o verbo amar, em tempos e modos, que não existem para mais ninguém, foram inventados á nossa imagem, para nos sentirmos mais próximos um do outro.
Contemplo o céu da minha noite, e não esqueço o caminho que me leva a ti, uma curta travessia, que toca o tempo e a eternidade, começa no teu pensamento, e termina no meu, nesse curto instante, estremeço, acredito nas certezas, fecho os olhos e sinto em mim, a intensidade do teu querer, e a verdade do Amor que te sinto.

publicado por cabeça na lua às 21:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.posts recentes

. Convite...

. Prazer...

. Acreditar...

. Silêncio...

. Ausência...

. Hoje não...

. Fuga...

. Encanto no olhar...

. Ultima vez...

. Tocas-me...

.arquivos

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds