Quarta-feira, 21 de Dezembro de 2005

Amanheci em ti

amanhecer.jpg

Nos teus olhos vi o amanhecer que me abriu de novo a alma, acordei a teu lado sem saberes, despertei as células adormecidas em mim e voltei a viver, renasci na areia que já tinha pisado, e colei-me a ti, estou contigo sem saberes, acompanho-te, sabendo que me sentes, na forma de um sorriso que te preenche, na forma de uma gota de perfume, que te lembra que eu existo, que te faz recordar aquilo que nunca fomos, e te faz desejar ter mais, do que nos demos um dia.
Hoje, reabri a porta que amanhã se pode fechar, quando traçares a tua noite por cima do meu Sol, quando disseres ao vento que não vale a pena, e quando as nuvens, cúmplices da minha tristeza, se juntarem a mim numa tempestade de lágrimas que serão as minhas e as tuas, porque eu sou tu, e tu és eu!


publicado por cabeça na lua às 22:51
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.posts recentes

. Convite...

. Prazer...

. Acreditar...

. Silêncio...

. Ausência...

. Hoje não...

. Fuga...

. Encanto no olhar...

. Ultima vez...

. Tocas-me...

.arquivos

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds