Domingo, 13 de Novembro de 2005

Ruina de mim

ruina.jpg

No vazio que me atormenta, me empurra de encontro ao chão, não tenho forças, não consigo pensar, apenas me rastejo, à procura de uma Luz de uma mão que me traga as respostas ás perguntas que já esqueci, as lágrimas lavaram-me o discernimento, o tempo passou, as paredes de Amor que construímos caíram, tijolo a tijolo, um a um, numa destruição lenta e sofrida que olhei de perto, mesmo ao teu lado, feri as mãos tentando mantê-los a todos nos seus lugares, não fui capaz, não fui tão forte quanto pensava, vi o fim anunciado quando de uma só vez, a derrocada aconteceu, debaixo dos escombros fiquei eu, presa ao passado, pedi-te ajuda, estiquei a mão, e tu viraste-me as costas…

2003

publicado por cabeça na lua às 22:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Fevereiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Convite...

. Prazer...

. Acreditar...

. Silêncio...

. Ausência...

. Hoje não...

. Fuga...

. Encanto no olhar...

. Ultima vez...

. Tocas-me...

.arquivos

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

SAPO Blogs

.subscrever feeds