Quinta-feira, 5 de Janeiro de 2006

Em lume brando...

lumebrando.jpg

Entre um singelo pestanejar e o delicado bater de asas de uma borboleta, o ar incendeia-se a qualquer movimento nosso, os copos no chão, estão vazios, a música já não toca, a cama está desfeita, lá fora chove um quotidiano, que não pertence a esta dimensão.
Neste campo de paixão, neste abrigo de loucura, a respiração retoma o fôlego, o coração apazigua as emoções ainda gritantes, a pele amansa o fogo, que brandamente se entranhou nos corpos despidos, ainda colados, ainda estremunhados, e inebriados, pela intensidade do êxtase, pelo culminar do deleite que nos deixa assim, quase adormecidos, ao abandono dos braços um do outro, retomando forças, para recomeçar tudo outra vez…


publicado por cabeça na lua às 00:03
link do post | favorito
|
Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.


.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 2 seguidores

.pesquisar

 

.Fevereiro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Convite...

. Prazer...

. Acreditar...

. Silêncio...

. Ausência...

. Hoje não...

. Fuga...

. Encanto no olhar...

. Ultima vez...

. Tocas-me...

.arquivos

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

SAPO Blogs

.subscrever feeds